CNS participou de reunião com o BNDES

No dia 04 de maio, o presidente da CNS, Dr. Tércio Kasten, esteve presente na sede do BNDES para reunião com o presidente da entidade para pedir apoio a favor das Santas Casas.

 

Na ocasião estiveram presentes: Dr. Hilário Dalmann - presidente da Federação das Santas Casas, Hospitais e entidades filantrópicas do Estado de Santa Catarina – Fehosc; Senador Dalírio Beber; José Henrique Paim – Diretor das áreas de infraestrutura social, meio ambiente e agropecuária e inclusão social do BNDES; Henrique Rogério - chefe do departamento de saúde do BNDES e Luiz Antônio Rodrigues – chefe de departamento de Relações com o governo do BNDES.

 

O objetivo da reunião foi para pedir ajuda com empréstimos a juros subsidiários para os hospitais filantrópicos. Dr. Tércio Kasten expôs que o setor está carente e necessita de apoio do governo e que o acesso do cidadão brasileiro ao SUS está cada vez mais precário.

 

Dr. Hilário Dalmann também comentou que o governo precisa priorizar a saúde e que o valor pago pelo atendimento corresponde a 60% do custo do procedimento nas Santas Casas.

 

O chefe do departamento de saúde do BNDES, Henrique Rogério, que participou da reunião por teleconferência, falou que a entidade está discutindo uma linha de reestruturação e que pode dar um prazo maior com taxa abaixo do mercado. Só que o empréstimo é por via agente repassador o que dificulta por conta dos bancos alegarem que não possuem garantia de recebimento.

 

O diretor das áreas do BNDES, José Henrique Paim, ouviu atentamente as propostas e sugeriu conversar e marcar reunião com o presidente do BRDE – que é agente financeiro do BNDES – para apresentar programa e proposta do setor. E disse que é importante ver também a possibilidade de reabertura do ProSus para ajudar na aquisição desse empréstimo. Antes de finalizar, Paim concluiu afirmando que o setor possui total apoio da entidade.