04 de outubro de 2017



Presidente em exercício do Sindhoesg participa de reunião sobre alteração da lei de planos de saúde

O presidente em exercício do Sindicado dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviõs de Saúde no Estado de Goiás (Sindhoesg), Salomão Rodrigues Filho, participou, no dia 2 de outubro, em Brasília, de uma audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), que debateu uma proposta de alteração ampla da Lei 9.656/98, que fixa normas sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde.

A proposta em questão é o PL 7419/06, que tramita com urgência em uma comissão especial da Câmara dos Deputados, junto com 139 outros projetos apensados. O relator é o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) que já anunciou que fará uma série de mudanças na lei para preservar o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos.

Salomão Rodrigues Filho, também conselheiro do Conselho Federal de Medicina e que representou a instituição na audiência, destacou que os médicos e demais prestadores de serviço são mal remunerados pelas consultas e procedimentos. Para ele, o projeto em debate não estabelece equilíbrio no mercado.

“A boa remuneração para o prestador é fundamental. Deveria haver uma parceria entre operadoras e prestador. Hoje essa relação é de desconfiança. Esse relatório do deputado Rogério Marinho não vai atender aos prestadores de serviço, não vai atender aos pacientes, mas apenas às operadoras. Será um desastre”, avaliou. (Com foto e informações: Agência Senado)