08 de novembro de 2017
Delegação brasileira - superintendente da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, Eduardo Queiroz,  Marcelo Britto, vice-presidente CNS e presidente FEBASE, Maurício de Lázzari Barbosa, presidente da Bionexo e Francisco Balestrin, presidente IHF.


CNS marca presença no Congresso Mundial de Hospitais em Taiwan

O vice-presidente da Confederação Nacional de Saúde, Dr. Marcelo Britto, representa a entidade no 41º Congresso Mundial de Hospitais que acontece em Taipei, Taiwan até esta quinta-feira, 9 de novembro. A edição deste ano destaca os cuidados de saúde amigáveis para os pacientes.

A Confederação Nacional de Saúde marca novamente presença em mais um evento promovido pela Federação Internacional de Hospitais, ao qual a entidade é membro. O vice-presidente da CNS, Dr. Marcelo Britto acompanha os debates em Taiwan, no Congresso Mundial que reúne líderes do setor da Saúde de todo mundo. A programação apresenta estudos de casos, implementação de novas tecnologias e políticas com ênfase no cuidado com os pacientes. Palestrantes da vanguarda mundial apresentam os desafios para fornecer serviços de Saúde de qualidade e segurança para a população.

Entre os destaques, a profissionalização do gerenciamento de saúde é abordada como prioridade global. Países apresentam como está sendo a adoção das tecnologias digitais em substituição aos cuidados de saúde tradicional. Os participantes também debatem sobre as ameaças cibernéticas e reformas na entrega de serviços.

"O Congresso permite aos membros o compartilhamento de conhecimento sobre os sistemas de saúde de cada país, com a troca de informações é possível enfrentar os desafios do setor através de situações em comum. Estamos debatendo temas de extrema importância como governança corporativa dos hospitais, existência de hospitais em áreas de conflito armado (como gerar segurança), além do debate sobre a sustentabilidade e novas tecnologias do setor ", destaca Dr. Marcelo Britto.

Dr. Marcelo também participou de um painel sobre a realidade da Saúde no Brasil, ao lado de representantes da rede hospitalar da Bahia e ANAHP. O tema despertou interesse com grande número de representantes de países orientais como Malásia, China e Taiwan.

A IHF tem como objetivo mobilizar os parceiros, especialmente de pesquisa e áreas acadêmicas para desenvolver métricas de medição sobre o desempenho gerencial e de liderança em entrega de serviços de saúde.

O 41º Congresso Mundial de Hospitais marca também a posse do brasileiro Francisco Balestrin, como presidente da Federação Internacional dos Hospitais. A entidade representa mais de 50 mil hospitaise estabelecimentos de Saúde que atendem mais de 3 bilhões de pessoas em mais de 100 países. Balestrin é também presidente da AHAHP, Associação Nacional de Hospitais Privados e vice-presidente executivo e diretor médico corporativo do Grupo VITA. Para o presidente da CNS, Tércio Kasten, "a posse de Balestrin é de extrema importância, no momento em que o Brasil, passa a ocupar um lugar de destaque, liderando os debates do setor e suas repercussões em todo mundo".

IHF

A International Hospital Federation (IHF) foi fundada em 1929 e reúne associações nacionais de hospitais, ministérios da Saúde, instituições do setor e membros individuais. Tem como objetivo contribuir para a melhoria da saúde mundial, por meio da troca global de experiência e técnicas de administração, bem como pelo desenvolvimento de relações entre profissionais de serviço de saúde. A IHF mantém relação oficial com a Organização Mundial da Saúde, com a Associação Médica Mundial e o Conselho Internacional de Enfermeiras.